Maps

Pol√≠cia Civil prende indiv√≠duo suspeito de cometer assalto à m√£o armada em Arraias

Por Silas Vinicius em 28/11/2020 às 00:10:48

Policiais Civis da 11¬™ Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher e Vulner√°veis (11¬™ DEAM), de Arraias, no sudeste do Estado, coordenados pela delegada Vanusa Regina de Carvalho, efetuaram na manh√£ desta segunda-feira, dia 23, a pris√£o de um indivíduo de 18 anos de idade. Ele é suspeito pela pr√°tica dos crimes de roubo com emprego de arma de fogo e concurso de pessoas, além de corrup√ß√£o de menores e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de pris√£o preventiva expedido pelo juízo da Comarca local.

Conforme a autoridade policial, desde a época dos fatos, em setembro de 2020, as equipes da Unidade Policial Especializada deram início às investiga√ß√Ķes e, em pouco tempo, identificaram todos os participante do crime, sendo que um deles é menor de idade. Uma vez que o crime foi desvendado e também os autores identificados, a delegada Vanusa Regina representou junto ao Poder Judici√°rio pela pris√£o do homem de 18 anos, a qual foi acatada e deferida pelo juízo da Comarca de Arraias.

De posse da ordem judicial, os policiais civis intensificaram as dilig√™ncias no sentido de localizar o paradeiro do autor. "Como parte dos esfor√ßos para encontrar o suspeito, fizemos v√°rias incurs√Ķes em locais onde ele poderia estar, tanto em Arraias, como na zona rural do município. No entanto, obtivemos informa√ß√Ķes de que ele tinha fugido para Goi√Ęnia, onde passou algum tempo, e retornou para Arraias, h√° poucos dias, achando que o fato j√° estaria esquecido e que n√£o mais seria preso", ressaltou a autoridade policial.

Por meio de investiga√ß√Ķes, os policiais civis souberam que o autor tinha retornado e, na manh√£ de hoje, efetuaram a pris√£o do mesmo. Que também foi reconhecido por uma das vítimas como o autor do crime de roubo. Logo após a realiza√ß√£o das provid√™ncias legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Cadeia Pública de Arraias, onde permanecer√° à disposi√ß√£o do Poder Judici√°rio.

Fonte: SURGIU

Comunicar erro

Coment√°rios

libade